Linhas e hierarquia

O Smartsheet possui linhas inteligentes que permitem criar hierarquia e organizar, rastrear e mover dados com facilidade.

Linhas e hierarquia no Smartsheet

As linhas são um elemento essencial em sua planilha, podendo conter informações como nomes de clientes, informações de pedidos ou tarefas. As linhas também podem incluir informações adicionais, tais como anexos e comentários. Utilize Lembretes de linha para acompanhar itens importantes, como datas vencidas. Compartilhe informações com a sua equipe através da opção Enviar Linha, e solicite atualizações sobre os itens de linha dos membros da equipe.

O Smartsheet oferece um poderoso recurso organizacional, a ferramenta de recuo, que permite a criação de hierarquias de linha. Em vez de enfrentar centenas de linhas em um projeto, condense seus dados com facilidade para que possa se concentrar em um aspecto específico e na forma como ele se relaciona com o projeto como um todo.

Siga as instruções passo a passo abaixo para aumentar e diminuir o recuo das linhas.

Hierarquia: recuo e recuo negativo de linhas

É possível criar uma hierarquia na planilha com o recuo de linhas. Quando você recua uma linha, ela se torna "filha" da linha acima dela (a linha "pai").

Observe que a hierarquia cria relações entre as linhas - ela não controla a formatação da linha.

Ícone reproduzir Vá para o vídeo de demonstração: Linhas e hierarquia


Recuo e recuo negativo de linhas

Para recuar uma linha, clique em uma célula da linha que você deseja recuar e, depois, clique no botão Recuar na barra de ferramentas à esquerda ou use o atalho do teclado [Ctrl] + ] ([Command] + ] no Mac). Os recuos são exibidos somente na coluna principal de uma planilha; entretanto, a relação é aplicada em toda a linha. Maiores informações sobre a coluna principal podem ser encontradas aqui , na central de ajuda.

Se o ícone de Recuo estiver acinzentado, verifique se há linhas vazias. Para recuar uma linha, deverá haver dados em, pelo menos, uma célula. Da mesma maneira, a linha pai também deve ter dados em, pelo menos, uma célula. Além disso, deve haver dados em, pelo menos, uma célula da linha imediatamente acima da linha que você está tentando recuar.

Para remover a relação entre a linha pai e a linha filha, clique em uma célula da linha filha e, depois, clique no botão Recuar para a Esquerda  na barra de ferramentas à esquerda ou use o atalho do teclado [Ctrl] + [ ([Command] + [ no Mac).

Tenha a seguinte informação em mente ao lidar com hierarquias:

  • Não existe um nível fixo de recuo. Você pode continuar recuando linhas na planilha para criar vários níveis de hierarquia.
  • Quando você clicar e arrastar uma linha que tem itens recuados abaixo dela, as linhas filhas se moverão junto com o item selecionado.
  • Você não poderá excluir uma linha pai sem também excluir as linhas filhas recuadas. (Para excluir a linha sem excluir as linhas filhas, remova antes a relação entre as linhas).
  • Quando as dependências estiverem habilitadas em uma planilha de projeto, as linhas pai corresponderão a um resumo objetivo dos valores de data de início, data de término, duração e % concluída que foram inseridos nas linhas filhas recuadas. Para obter mais informações, confira o artigo Funcionalidade Roll-Up de Linhas Pai da Central de Ajuda.

Expandindo e recolhendo linhas recuadas

Quando você expande ou recolhe linhas e depois salva a planilha, isso altera a estrutura da planilha para todos os colaboradores que a compartilham. Assim, qualquer pessoa que usar a planilha verá as mesmas linhas recolhidas ou expandidas.

Para mostrar ou esconder os itens recuados em uma linha pai, clique em expandir/recolher/ na coluna principal da linha pai.

Para expandir ou recolher todos os subitens de uma planilha, clique com o botão direito do mouse no cabeçalho da coluna principal (usuários de Mac podem pressionar [Ctrl] + clicar) e selecione Expandir Tudo ou Recolher Tudo.


Demonstração em vídeo

Para obter uma demonstração com instruções sobre como criar uma hierarquia, assista ao vídeo passo a passo abaixo:

Se você não tiver acesso ao YouTube, clique aqui para assistir ao vídeo.

Voltar ao início